quarta-feira, 20 de junho de 2007

Despedidas...

Vou arrumando papelada... passeando... fazendo despedidas. Hoje fui à faculdade dar alta da mesa da biblioteca... arrumar e entregar livros... tantos, nem me tinha dado conta! Despedi-me de professores, de colegas, de um ou outro funcionário que fiquei a conhecer... trocam-se palavras bonitas que nos engrandecem a alma. Passei uma última vez pelos anjos guardiães da luz... sempre gostei destes anjos. O chão continuava imaculado, como sempre o encontrei nos edifícios desta Universidade, às vezes até me dava raiva tanta limpeza! Cruzo o enorme campus, pelo caminho mais longo. Vou para correr o "autobus 4H"... Desisto e decido percorrer a Pio XII a pé. Vuelta del Castillo. Av. Baja Navarra. Carlos III e vou até o miradouro, deitar um último olhar pelos bairros da zona baixa da cidade.
Volto à residência... aqui ainda não é tempo de despedidas. Passo o tempo a organizar materiais... recolhendo roupa dispersa pela rouparia... esta quase na hora de ir! No coração cresce a tristeza de deixarmos os nossos companheiros de vida do último ano, e continuo a ouvir te echare de menos. As palavras fazem-nos sentir queridos, mas aumenta mais o desconsolo de uma partida, que é necessária, para que haja a alegria de reencontrar outros amigos, os de sempre, que nem 950km na distancia de um ano, chegaram para esquecer. Ate sempre. Ate já.

7 comentários:

Andreia Sécio disse...

Cá te espero...ansiosa!!!Rapidamente vais ficar com o coração aconchegado e a tristeza que sentes vai passar só a ser uma bonita saudade.
Até já meu amigo...

Nheca disse...

Pois é... parece que foi ontem que partiste para uma nova etapa na tua caminhada / vida e já estas de regresso para uma outra...
Como se diz nestas alturas, as pessoas vão passando na nossa vida, umas ficando num pedacito do coração mais que outras...vamos coleccionando pedrinhas de areia às nossas solas nesta caminhada... algumas permanecem, aquelas mais lamacentas ou argilosas, outras vão-se soltando... é assim... as argilas portuguesas cá estão á tua espera... LOL

Nheca disse...

em "á" leia-se "à"!
juro que foi um lapso do teclado! estes meus dedos rápidos!

Vera disse...

A vida continua maninho... cá te espero. "leva o que a saudade te der"

Casih disse...

Gostei das argilas nes.Lol
Mana vera, já fui conhecer o Mika... fiquei curioso... gostei.beijo grande.

PrincípedaHistória disse...

A saudade que te persegue, persegu muitas vezes a História: não a guardes no teu coração nem te refugies nela, guardsa sim a memório dos belos momentos que ai viveste.
Isso eu já sei que tu fazes , não e preciso dizer-te lol.
Esperamos por ti ansiosamente sr dr mestre de arte sacra e religiosa. Os amigos mantem-se sempre seja ai, seja cá, e terás sempre a memória para te ajudar a recorda com alegria e serenidade esses momentos.
Bom regresso , amigo. Vem na paz do Senhor e confiante nos seus caminhos.

João Almeida disse...

Cá te esperámos...com muita ansiedade e surpresa!!!! Estamos muito felizes pelo teu regresso.