sábado, 12 de julho de 2008

Ordenação...Primeira Missa

O tempo voa, e com estas gotas de tempo que me escapam entre os dedos, secam os meus constantes desejos de escrever algo no blog.
Mas os acontecimentos esses sucedem-se uns atrás dos outros, quase nem me dando tempo para os degerir...
Esta semana, então, tem sido rica muito rica em coisas novas...
Já quase passou uma semana que fui ordenado, e ainda não sei o que me aconteceu... Ás tantas nem dá para acreditar que sou Padre, Santo Deus.
Mas é a verdade, e as fotografias ajudam a esclarecer, o que ao meu espirito surge ainda tão confuso...
Já foi também a primeira Missa e os nervos que isso comporta... Foi dificil perceber que agora era eu quem estava ali daquele lado... Não era só o mestre de cerimonias, mas era eu quem era dirigido, quem ouvia indicações... quem celebrava...
Foi estranho e profundamente maravilhoso, saber que o corpo de Cristo era consagrado pelas minhas mãos... Pela imposição das minhas mãos actuava o Espirito de Deus... convertendo aquele pão e aquele vinho em verdadeiro e real corpo e sangue de Cristo. Foi nesse momento em que me ajoelhei perante as Sagradas Especies, que percebi que Deus faz verdadeiramente maravilhas, das misérias da humanidade...
Depois de Fátima, foi voltar à diocese...
Hoje dia de São Bento, não podia ter sido mais apropriado, ter ido celebrar ao Mosteiro das Monjas de Belém... lembrei-me de Leyre, e da comunidade Beneditina onde fizemos retiro... tenho saudades daqueles campos, do canto, da paz e do sossego daqueles dias...
Amanhã, Missa Nova no Santuário de Nossa Senhora da Atalaia... uma prova de fogo, para a qual conto com o teu incondicional apoio Senhor... e de vós meus queridos amigos... sei que estais aqui.

7 comentários:

Ana Teresa disse...

E nós vamos la estar... a partilhar mais um desses teus momentos.. e a dar o nosso melhor...

sara disse...

quando queremos falar com o coração acabamos por nada dizer de jeito. Deus deu-me a oportunidade de estar presente na tua 1ªmissa, Obrigada Senhor!...Desejo-te uma só coisa q a àgua viva de Deus alimente a oliveira verdejante q há em ti.

Andreia disse...

Que Deus te conceda todas as Graças e te ilumine o teu amoroso coração para sempre.

Anónimo disse...

Podes crer amigo.. Estaremos por aqui a acompanharte e com muito orgulho no teu percurso. Se tu ainda não acreditas no que te está a acontecer... imagina eu
Fica com Deus

Catarina António disse...

Amigo, foi com muita pena que não estive presente na tua ordenação nem na tua primeira missa, mas isto para este lado não tem estado fácil como sabes.Uni-me a ti na oração :) Um abraço forte :)

PrincípedaHistória disse...

E ja la estivemos e demos o nosso melhor, para o nosso grande amigo Casih....... ai , desculpe Reverência, esqueci-me sus senhoria, Pe. Casimiro.


Ohhhh migo, custa tanto, chamar-te assim, custa a dobrar a lingua.

Estiveste bem e mais que isso deste mostras de que o Senhor actua em ti e por ti em nós.

Que o Senhor te ilumine sempre...

Abraços (Pe.) Casimiro

Carlos Sécio

Um pouco mais de azul e era Céu... disse...

Ninguém sabe tudo, assim como ninguém ignora tudo. O saber começa com a consciência do saber pouco (enquanto alguém actua). É sabendo que se sabe pouco que uma pessoa se prepara para saber mais... O homem, como um ser histórico, inserido num permanente movimento de procura, faz e refaz constantemente o seu saber.”
Paulo Freire, 1974