segunda-feira, 30 de junho de 2008

Escola da fé...

Santo Deus, tanta coisa a acontecer, tanta coisa a partilhar e o tempo para escrever é tão pouco...
Mas com calma vamos lá... Acabei a algum tempo as minhas aulas da Escola da Fé na Vigararia do Barreiro-Moita, e mais uma vez Deus fez maravilhas na minha vida, pois como aquelas pessoas se enfiaram cá dentro do meu coração, é que eu não sei... No último dia vinha com o coração cheio de alegria pela amizade construida, mas chorando porque havia um adeus, a dizer... Na bagagem vinha oferecido um texto que reza assim:

Mar, profundo, que o transporta e o afaga em paisagem por Ele criada...
Amor, vontade desenhada no silencio da oração e por Ele transformada...
Destinos, rumos, horizontes infindos, peregrinos em missão encontrada...
Esperança, caminho Verdade e Vida com Cristo revelada...
Ideais, sonhos esculpidos em pedra cinzelada...
Rota, que se dissipa e dissolve em liberdade alcançada...
Alegria, Amor de deus, Amor Redenão, com jesus justificada...

Madeira, ilha de origem,
Que se funde em azul de céu e de mar
E que ao mundo fez conhecer vocação abençoada.

Obrigado Fátima. Obrigado queridos ex-alunos. Rezo por vós.

2 comentários:

Anónimo disse...

As maiores Felicidades, para o meu amigo, que amanhã terei de tratar por "Reverendíssimo".
;)
Com carinho,
Ligia

mario disse...

Parabens ao Padre Reverendo mais fixe do mundo. Brincalhão mas serio nas coisas de Deus. Um caminho o seu tortuoso mas intenso de amor. Obrigado por ter-me trasmitido, ensinado, e empurrado a Amar Deus na liberdade daquele que somos.
Serás um grande padre, amigo.
Parabens...

Ps...vou acabar se não começo a chorar...hihihi