quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Visita Ad limina

Carissimos amigos...
Os nossos Bispos (portugueses), acabaram de chegar de uma visita (que se intitula Ad Limina) ao Santo Padre Bento, viagem esta que se realiza de cinco em cinco anos. Esta visita serve grosso modo para colocar o papa a par do andamento da Igreja nas dioceses dos bispos que o visitam.
A proprósito deste acontecimento, é normal que o santo Padre faça uma comunicação, de carácter mais oficial, aos bispos no seu conjunto. Este discurso é conhecido de todos e é publicado (veja-se na Agência Ecclesia por exemplo) pelo que pode ser conhecido por todo o mundo.
É por tudo isto, que estranho quando oiço que "Papa deu nas orelhas aos Bispos"...
Agora pasmem-se vocês, que eu já li e reli o bendito do discurso vezes sem conta, e não vejo nem leio em lado nenhum, a tal "bronca".
Afinal broncos são estes comentadores, dos comentários televisivos, que coitados são tão ignorantes que não conseguem perceber o que é uma bronca. Então os jornalistas, dizem que o Papa criticou os Bispos e esta gente acredita. Mas antes de fazerem comentários, porque não vão ás fontes e lêm primeiro as noticias, já não por interposto comentário, mas como foi.
É óbvio que a quem ouvi tal coisa, dei logo a minha achega, mas gostava de vincar publicamente, que o Papa ou a Igreja quando tem de corrigir certas coisas, não o faz na praça pública. Se o Papa tivesse que tecer alguma consideração menos agradável, não seria numa comunicação, mas sim no encontro privado que teve com os bispos no seu todo e com cada um em particular.
À pois... afinal, se calhar nem sabiam que o Papa falou em privado com eles... é possivel. talvez tenham razão. E porventura nem sabem que essa parte sim não é publicada, pois só interessa, aos interessados, ora claro, imaginem o Pridente da republica a publicar as decisões do Conselho de Estado.
Sabem o que vos digo... quem mito fala uco acerta...
Na foto acima vejam o Bispo de setubal a ser recebido pelo Papa. As noticias relativas a setúbal, estão no site da Diocese www.diocese-setubal.pt/

2 comentários:

Anónimo disse...

Olá Casimiro,
sabes que isto é como em tudo, as pessoas preferem falar mal e o pior sem conhecimento de causa, e a Igreja sp foi e será um alvo da maldicência e ignorância.
Obrigada pelas bem-vindas.
Tem um santo dia,

Cidália Loureiro

PrincípedaHistória disse...

Como é obvio amigo Casimiro, que só podia ser assim, o mesmo se passa em relação à nova exortação apostólica.
O que mais me entristece é que ver que mesmo no seio desta Igreja, à qual pertencemos também se contesta e não se procura a razão das coisa e fala-se logo mal.
Porque afecta-me, como é lógico, quem fala mal de fora desta Igreja, mas pronto, não conheçem por dentro, falam do que não sabem.
Agora os filhos desta Igreja, falaram mal da sua mãe, isso já é sim maldade e ignorância, pk esses podem e deviam conhecer do que falam, mas nem sempre é assim.
Depois tal como tu temos de andar a explicar aqui e ali do que se trata.

Abraços Fortes,

Carlos Sécio