segunda-feira, 29 de junho de 2009

FESTIVAL BANDAS CATÓLICAS: prémio melhor letra

Pomos a nossa esperança no Deus vivo que é o Salvador de todos os homens
(ITim.4,10)


Ao meu querido amigo Fula, que me desafiou a escrever,
Ao coro da Senhora da Conceição que musicou e cantou…


Peregrino

Sem tempo, espaço ou história
Para dar ou para receber,
Sem mãos para fazer ou memória
Por onde possa escrever.

Sem passos, ou traços de bordão
De outro à frente, percorridos,
Sem pauta, ou cordas de refrão
Onde guie meus ouvidos.

Só teu rosto para olhar
Só teu braço para me apoiar,
Só tua mão para me sustentar
Só tua Palavra para confiar.

Só tua luz para me guiar
Só tua fé para me saciar,
Só teu amor para me vivificar
Só a tua cruz para me salvar.

Nas cordas da tua Palavra
Quero, desejo me prender,
Das pedras das tuas fontes
Corre a água para beber.

Das pegadas do teu caminho
Tenho a certeza de não ir sozinho,
Nas veias da tua mão
Tenho a vida do meu
coração.

3 comentários:

Edu disse...

Mais uma vez, estiveste muito bem!
Que seja em Seu nome, que seja para Seu louvor.
Abraços

Lourdes disse...

Sr Padre Casimiro
foi simplesmente, e, puramente o desafio certo para pessoa certa - muitos Parabéns! A letra é magnífica, tem palavras de aconchego espiritual para todos nós peregrinos: “Só teu rosto para olhar… Só a cruz para me salvar” – aquela paz que só Deus nos consegue dar.
Receba a minha admiração, carinho e uma forte canhota
Lourdes Messias

Isabel disse...

Parabéns amigo! A letra do poema é LINDA! A tua FÉ e o teu amor e carinho pelo Senhor fazem-te escrever poemas maravilhosos ...
Beijinho com carinho da amiga Isabel, 12º D